Você está aqui:Conhecer Ferreira»Património (+)»Natural»Natural

1 

 Património Natural de Ferreira do Alentejo

 

O Território de Ferreira do Alentejo é um local de transições e contrastes: dos barros para as areias, do montado para os pinhais, da continentalidade para o oceano. Assim, nesta zona não faltam os sobreiros, as azinheiras, e as oliveiras, nem tão pouco a esteva, a giesta, o rosmaninho ou a urze.

Por aqui podem observar-se cerca de 215 espécies de aves entre a Carriça, a Tarambola-dourada, o Pisco-de-peito-azul, a Galinha-de-água, o Falcão-pequeno, a Garça-real, a Cegonha-branca entre outras que visitam e nidificam neste território.

Nas ribeiras, albufeiras, represas e canais fervilham achigãs, carpas, bordalos, lúcios e savel, fazendo os encantos de qualquer pescador. Este é também o território do javali, do coelho, da lebre, do texugo, da raposa que aguçam e predispõem para a caça.

O encanto desta paisagem convida a um passeio a pé, sentindo o ar fresco e puro do campo, ou a um passeio de bicicleta pelos caminhos de terra batida bordejados de pequenas flores silvestres e papoilas. Podem-se seguir estes trilhos continuamente e de quando em vez, junto a um velho moinho, desfrutar da tranquilidade campestre, só quebrada, por qualquer chilreado ou aragem que acaricie a ramagem das árvores.

 

patrimonio natural - O nosso Alentejo

 

A Albufeira de Odivelas

Com cerca de 5 km no seu maior comprimento, 3 km na sua maior largura, e uma área inundada com cerca de 970 ha, a albufeira de Odivelas é um importante ponto de concentração de diferentes aves aquáticas onde também se podem admirar lontras. O som do Chilrear das aves que aí nidificam, o cheiro a rosmaninho e pinheiro, a sensação de enterrar, pesadamente, os pés nos terrenos arenosos que circundam a albufeira e o espelho de água que se estende aos pés do visitante fazem deste local um dos mais apetecíveis. Aqui pode-se pescar o achigã, praticar desportos náuticos ou simplesmente repousar e saborear uma refeição ligeira no parque de merendas.

Junto à albufeira existe o complexo turístico Markádia que inclui apartamentos, 2 courts de ténis, piscina, equitação e aluguer de embarcações. Se quiser ficar na aldeia de Odivelas, terra onde ainda se mantém viva a tradição dos cestos de junco, opte por ficar na Albergaria “O Gato”.

 

5  

 

Observação de aves:

Garça-branca

Egretta garzetta

Característica por acompanhar o gado, pousa no dorso das vacas ou das ovelhas.

Pode ser observada durante todo o ano.

Garcabranca

Cegonha-branca

Ciconia ciconia

Enorme e inconfundível. Nidificando em pontos estrategicamente elevados, procura as zonas húmidas, arrozais e pastagens para se alimentar.

cegonhabranca

Colhereiros

Platalea Leucorodia

Apresenta-se um dos bicos mais estranhos e chamativos da nossa avifauna. Esta ave usa uma "espátula" para varrer os lodos e fundos aquáticos em busca de alimento.

Colhereiros

Corvo-Marinho-de-faces-brancas

phalacrocorax carbo

A característica silhueta de uma ave preta, de bico e cauda compridos, a voar à superfície da água ou com as asas abertas a secar ao sol, rapidamente nos diz que estamos na presença de um corvo-marinho.

corvosmarinhos

Flamingos

Phoenicopterus roseus

Uma das mais emplemáticas aves selvagens que ocorrem em Portugal, o flamingo pode hoje em dia ser observado com relativa facilidade.

O "lençol" rosado formado pelos grandes bandos de flamingos que se alimentam num estuário constitui uma imagem única.

flamingos

Íbris-Preta

Plegadis falcinellus

Esta é uma ave de aspecto exótico, com reflexos esverdeados nas asas que, nas condições de luz ideais, produz imagens inesquecíveis. A observação de bandos desta ave, em voo sobre os arrozais, é um espectáculo a não perder.

ibrispretas

Milhafre

Milvus milvus

Outrora uma imagem frequente na Primavera, o voo calmo do milhafre-real, com as suas janelas pálidas e a cauda a servir de leme, tem-se tornado cada vez mais um ícone da época fria.

milhafres

Pato-Real

Anas platyrhynchos

A sua cabeça verde e anel branco no pescoço (no caso dos machos), assim como a sua semelhança com algumas "formas" domésticas, torna-a na espécie mais facilmente identificável entre todas as espécies de patos.

patos

Pernilongo

Himantopus himantopus

Durante a época dos ninhos, os pernilongos são os "reis" das salinas: com a sua silhueta elegante e as suas vocalizações ruidosas, dificilmente passam despercebidos.

pernilongos

 

 

Árvores:

. Pinheiros .

pinheiros

. Sobreiros .

sobreiros

. Azinheiras .

azinheira

. Oliveira .

oliveira

*Fotografias gentilmente cedidas pelo Professor Augusto Caetano

Eventos

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
MAIO 2017
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
Odivelas
Data :  01-05-2017
2
3
Ferreira do Alentejo
Data :  03-05-2017
4
5
6
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  06-05-2017
7
Ferreira do Alentejo
Data :  07-05-2017
8
Ferreira do Alentejo
Data :  08-05-2017
9
Ferreira do Alentejo
Data :  09-05-2017
10
Ferreira do Alentejo
Data :  10-05-2017
11
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  11-05-2017
12
Ferreira do Alentejo
Data :  12-05-2017
13
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  13-05-2017
14
Ferreira do Alentejo
Data :  14-05-2017
15
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  15-05-2017
16
17
Ferreira do Alentejo
Data :  17-05-2017
18
Sem imagem
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  18-05-2017
19
20
Ferreira do Alentejo
Figueira dos Cavaleiros
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  20-05-2017
21
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  21-05-2017
22
Ferreira do Alentejo
Data :  22-05-2017
23
24
25
Ferreira do Alentejo
Data :  25-05-2017
26
Ferreira do Alentejo
Alfundão
Data :  26-05-2017
28
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  28-05-2017
29
Ferreira do Alentejo
Data :  29-05-2017
30
31

Publicações

Redes Sociais

g youtubebutton twitter