Você está aqui:Atividade Municipal»Ambiente (+)»Educação e Sensibilização Ambiental»Educação e Sensibilização Ambiental

 

Reciclagem de Consumiveis Informáticos



Os consumíveis informáticos que erradamente são colocados noconsumiveiss caixotes lixo são uma crescente fonte de poluição e toxicidade ambiental.
A maioria dos consumíveis de informática podem ser reciclados e regenerados. A reciclagem destes produtos consiste na sua limpeza e no seu reenchimento com tinta ou com toner adequado à sua função, enquanto que a regeneração visa prolongar a sua vida útil e
passa pelas anteriores fases, além da substituição de peças danificadas ou de maior durabilidade.

Entregue os seus tinteiros e toners usados nos seguintes locais:
dot2Biblioteca Municipal
dot2Câmara Municipal
dot2
Juntas de Freguesia do Concelho 

 

Recolha de Pilhas


O que é o Pilhão?

O Pilhão é o recipiente que, a partir de agora, encontra disponível em vários locais no seu Município para depositar as pilhas que já não usa de forma rápida e cómoda. Para além dos Ecopontos, o Pilhão pode ser encontrado em pontos de venda, como os supermercados e hipermercados, e em outros Ecoparceiros (Escolas, Juntas de Freguesia, etc.).

Porquê depositar as pilhas no Pilhão?

Para proteger o ambiente e garantir um futuro limpo e saudável: ao recolher e encaminhar correctamente estes resíduos, eles deixarão de constituir qualquer tipo de perigo para o ambiente, ao contrário do que acontece com a deposição em Aterro Sanitário, destino dado ao lixo comum.
Pilhão
Para contribuir para a sustentabilidade dos recursos: a grande maioria de pilhas comercializadas em Portugal são alcalinas e salinas. Cerca de 75% do seu conteúdo é recuperável e poderá ser empregue para outros fins. Para cumprir as metas de reciclagem de pilhas e acumuladores usados: de acordo com as directivas europeias, em 2OO5, Portugal deverá reciclar 75% das pilhas recolhidas.

A AMBILITAL, a ECOPILHAS e as pilhas e acumuladores usados
A AMBILITAL - Investimentos Ambientais no Alentejo, EIM, em conjunto com as Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia e a ECOPILHAS disponibilizam meios físicos (Pilhões) e humanos para que possa depositar comodamente as suas pilhas e acumuladores usados de forma ambientalmente correcta.

Os Operadores Económicos
Tendo em conta a legislação vigente, os operadores económicos têm, por obrigação legal, de receber as pilhas usadas, deixadas pelos cidadãos aquando da aquisição de novas pilhas, em recipientes próprios para o efeito.

O Cidadão
Cabe-lhe a si proceder à entrega das pilhas usadas nos locais correctos, de modo a possibilitar uma eficiente recolha, encaminhamento e cumprimento das metas estabelecidas. 


 

Como poupar Água



Regras gerais:
Mantenha a canalização doméstica em bom estado, evitando fugas ou perdas de água em torneiras, autoclismos, esquentadores, máquinas de lavar.
Instale nas torneiras dispositivos reguladores de caudal que permitam reduzir os consumos de água sem retirar pressão.
Controle os gastos através de uma leitura regular do contador e da factura da água.


dot2 Na casa de banho:
Reduza a descarga do autoclismo, colocando uma garrafa de plástico cheia de água no depósito.
Evite banhos de imersão e prefira os duches rápidos, fechando a torneira enquanto se ensaboar.
Evite deixar a torneira aberta enquanto lavar os dentes ou fizer a barba.
Nunca utilize a sanita como caixote do lixo e descarregue o autoclismo só quando for necessário.

dot2 Na cozinha:
Utilize máquinas de lavar loiça e roupa com a carga completa. Uma máquina bem cheia consome menos água do que duas com a carga incompleta.
De preferência, utilize máquinas de lavar com programas económicos.
Minimize a utilização da água corrente para lavar ou descongelar alimentos, lavar a loiça ou roupa; utilize, para o efeito, o alguidar. Utilize a menor quantidade de água possível para cozinhar os alimentos, preferindo o vapor, o microondas ou a panela de pressão. Utilize a água de cozer vegetais para confeccionar sopas ou para cozer outros vegetais.

dot2 No jardim:
Regue de manhã cedo ou no início da noite, quando a evaporação é menor.
Reutilize a água sempre que tal seja possível (da lavagem da fruta ou de cozer ovos, aproveitando os seus nutrientes).
Cultive plantas típicas da sua região, pois estão melhor adaptadas ao clima.
Regue só quando for necessário; a instalação de sensores de humidade no solo ou o teste da pegada na relva (verificando se as folhas conseguem retornar à sua posição inicial - indicativo de que as necessidades de água estão a ser correctamente satisfeitas) são indicadores para se determinar esse momento.
Cubra a terra do jardim ou dos vasos com casca de pinheiro ou outro material.
Desta forma, diminui-se o contacto directo da luz solar com o solo e conserva-se a humidade da terra.
Evite regar em dias de vento, de modo a minimizar as perdas por transporte e evaporação.

dot2 Na lavagem do automóvel:
Prefira o balde e a esponja à mangueira.
Caso utilize mangueira, escolha uma com dispositivos de controlo de caudal na extremidade, de modo a permitir o corte ou diminuição de caudal sem ter que se deslocar até à torneira.

dot2 Na rua:
Se detectar uma fuga de água na via pública, avise a Câmara Municipal ou outra entidade competente.

dot2 Actuação em crise (escassez de água)
Para além de reforçar as medidas anteriores, dever-se-á:
Fechar ligeiramente as torneiras de segurança de sua casa, de modo a diminuir o caudal.
Em caso de cortes no fornecimento de água, encher apenas os recipientes estritamente necessários para o seu consumo.

dot2Reutilização:
Reutilize a água de outros usos para a sanita.
No chuveiro, recolha a água fria corrente até chegar a água quente à torneira, para posterior rega de plantas ou limpeza.
Utilize recipientes (alguidares) para lavagem de mãos ou vegetais e reutilize a água no autoclismo ou na rega, consoante o apropriado.

dot2Durante uma seca:
A qualidade da água pode deteriorar-se. Em caso de dúvida, ferva-a durante 10 minutos antes de a beber. A água é um bem precioso, é urgente reduzir o seu consumo e reutilizá-la sempre que possível. 



Eventos

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
ABRIL 2017
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
Ferreira do Alentejo
Data :  07-04-2017
8
Ferreira do Alentejo
Data :  08-04-2017
9
Ferreira do Alentejo
Data :  09-04-2017
10
11
12
13
14
15
16
17
18
Ferreira do Alentejo
Data :  18-04-2017
19
20
Ferreira do Alentejo
Data :  20-04-2017
21
Ferreira do Alentejo
Data :  21-04-2017
23
Ferreira do Alentejo
Data :  23-04-2017
24
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  24-04-2017
25
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  25-04-2017
26
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  26-04-2017
27
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  27-04-2017
28
Ferreira do Alentejo
Ferreira do Alentejo
Data :  28-04-2017
29
30

Publicações

Redes Sociais

g youtubebutton twitter